Home / Artigos / Como descrever seu produto para aumentar a conversão do e-commerce?
conversao-ecommerce

Como descrever seu produto para aumentar a conversão do e-commerce?

Você sabia que uma boa descrição do produto pode aumentar a conversão do e-commerce? Apesar de parecer lógico, muitas lojas virtuais erram nesse quesito. Confira algumas dicas para criar uma descrição atrativa e melhorar a taxa de conversão do seu e-commerce.

Um erro bastante comum até para profissionais mais especializados é escrever sobre o produto simplesmente o descrevendo. Parece uma atitude lógica, mas essa se mostra falha. Primeiro porque a descrição deve também vender um produto, Descrição do produto pode aumentar a conversão do e-commerce deixando-o atrativo, especificando seu uso e destacando motivos para que o consumidor compre-o.

Segundo, como estamos falando de e-commerce, a descrição também deve ser escrita com palavras-chaves adequadas, sempre tendo em vista um melhor SEO do site.

Muitos donos de lojas virtuais não atentam a este pequeno detalhe porque subestimam os ganhos que poderão vir com isso. Não seja um deles, e aprenda agora como fazer descrições que realmente atraem e convertem visitantes em consumidores.

Confira 7 dicas para aumentar a conversão do e-commerce:

1. Foque em boas palavras-chave

Utilize a ferramenta de palavras-chave do Google Adwords para encontrar quais são os termos utilizados quando os usuários querem encontrar itens relacionados com o seu nicho de mercado. Tente utilizar estas palavras para formar o título e partes do texto da descrição.

2. Escreva pensando em sua audiência

Ao descrever um produto, use a linguagem e o tom de voz que o seu público-alvo está habituado a utilizar. Se você vende para adolescentes, não adianta nada fazer descrições de produtos em um tom bastante formal, que parece dirigido às pessoas de maior idade.

3. Evite o conteúdo repetido

Evite simplesmente copiar e colar informações da página do fabricante de um produto porque os buscadores tendem a punir com um mal rankeamento sites que se utilizam dessa prática. E em tempo, você quer ser notado, certo? Se você escreve a mesma coisa que outros sites, como os usuários verão que você é diferente?

4. Evite clichês

Quando você está com um “bloqueio criativo”, pode apelar para frases como “excelente produto”, ou “ótima qualidade”. Acontece que para um leitor, esse tipo de frase não faz muita diferença, porque bem, todo mundo usa. Ao invés de dizer que algo é “ótimo’, ou ‘excelente”, dê motivos para que o próprio visitante passe a considerar isso, descrevendo o produto com bastante detalhe.

5. Utilize palavras sensoriais

Palavras que ajudam a despertar os sentidos ajudam a aumentar as vendas porque despertam diferentes áreas do cérebro. Crie textos com palavras que remetam a imagens e sensações. Não sabe como? Aqui vai um exemplo: você pode descrever um chocolate como “belga, com 80% de cacau”, ou, “belga, excelente para dar de presente ou saborear na presença de amigos porque ele contém 80% de cacau, o que significa um sabor aprimorado de dar água na boca”. Percebeu a diferença?

6. Tenha uma boa imagem do produto

Não esqueça do papel importante da imagem na hora de descrever um produto porque é uma forma de aproximar o potencial comprador. Mostre diferentes ângulos do produto e tenha fotos com boa qualidade.

7. Evite erros de português

Finalmente, use frases curtas, e sempre cheque a grafia correta do texto. Encontrar um erro é bastante desestimulante para um usuário. Outra dica é que se você quiser, pode optar por listas – “bullet points” – para facilmente apontar os benefícios de um produto: isso pode criar uma melhor experiência também para o usuário móvel.

Ter boas descrições de produtos é um fator vital para aumentar a conversão do e-commerce. Compartilhe o seu conhecimento sobre o produto, crie textos criativos, conte histórias, seduza com a sua descrição. Se você seguir a risca essas dicas, vai ter bons resultados disso.

Fonte: penseavanti

Veja Também:

SEO On-Page [ Aprenda a Otimizar a Página do Seu Ecommerce ]

O pessoal da SEOmoz publicou um artigo muito interessante sobre otimização on-page, e venho trazer …