Home / Artigos / Operação / Custos, dificuldades e vantagens de uma loja física X uma loja virtual

Custos, dificuldades e vantagens de uma loja física X uma loja virtual

Veja quais são os custos, as dificuldades e as vantagens de uma loja física em comparação com uma loja virtual e vice-versa

É inegável que vivemos em uma época de mudanças em que a tecnologia invade e transforma nossa maneira de viver, inclusive no cenário comercial. Desde que surgiram os e-commerces, o ato de comprar um produto trouxe novas experiências para o consumidor e novos desafios e vantagens para os lojistas.

Antigamente, se você quisesse ter um loja, a única opção era a loja física, ou seja, teria que começar procurando o melhor ponto comercial, com um aluguel razoável e adquirir um grande estoque. Hoje, a realidade está um pouco diferente, pois existe mais uma opção: a loja virtual.

Ambas possuem facilidades, mas também possuem desafios. Mas, afinal, quais são os custos, as dificuldades e as vantagens de uma loja física em comparação com uma loja virtual? É o que veremos a seguir.

1. Loja física

Todo mundo gosta de dar uma volta pelas ruas ou pelo shopping para ver as vitrines das lojas. Para algumas pessoas, chega a ser um programa. Uma loja física tem essa proximidade bacana com o público. Mas também implica em pagar aluguel do imóvel, entre outras contas, como luz, água, sem falar na segurança.

1.1. As dificuldades para o lojista

  • Há custos altos com aluguel, segurança, funcionários e contas diversas referentes a um local físico que precisa de água, luz e esgoto para funcionar.
  • A localização é fundamental e pode determinar se as vendas serão boas ou ruins. O ideal é que se tenha um grande fluxo de pessoas passando na frente da loja todos os dias com o perfil desejado para os produtos e serviços que você oferece. E uma boa localização implica em pagar um aluguel mais caro.
  • Não basta estar bem posicionado, a propaganda e divulgação da loja também são importantes para que os clientes achem a loja. Essa propaganda, por vezes, tem que ser feita de um modo mais intrusivo, como abordar as pessoas na rua para entregar um panfleto.

1.2. As vantagens para o lojista e para o cliente

  • Um atendimento humanizado, com funcionários para ajudar o cliente em caso de dúvidas e demonstrar como o produto funciona. Muitas vezes um bom atendimento, com empatia, faz a venda.
  • Pode-se levar o produto na hora para casa, e não há despesas extras, como com o frete, por exemplo.
  • É possível provar, ver, cheirar, tocar no produto, sentir se o tecido é bom, se o material de que é feito é de qualidade, enfim, a experiência é mais real do que ver pela tela do computador.
  • Há um local físico para reclamações, trocas, elogios e isso traz mais segurança para o consumidor, pois existe um local para onde ele pode ir em caso de problemas e falar com o responsável, cara a cara.

2. Loja virtual

É uma tendência no comércio de mercadorias e não tem mais como voltar atrás, tendo em vista as exigências das novas gerações, acostumadas com o mundo virtual e que sabem tudo o que diz respeito a ele, inclusive comprar online. Existe até o dinheiro virtual, o tal do Bitcoin.

Muita gente que produz seu artesanato em casa, por exemplo, não tem como divulgar ou vender suas peças em um espaço físico, seja porque a grana está curta e pagar um aluguel fica difícil, ou porque tem medo de assumir seu negócio como negócio mesmo, acha que só pode vender na informalidade. Bom, nesse caso, uma loja virtual atende as necessidades, pois promove um negócio de verdade, formal e com credibilidade.

2.1. As dificuldades para o lojista

  • Deve-se estar atento e ter um bom sistema antifraude, que são sistemas que garantem a segurança nas transações, evitando compras fraudulentas na loja virtual. A boa notícia é que os meios de pagamento, como PagSeguro, Moip e PayPal já cuidam dessa análise de risco para o lojista, evitando que uma venda seja concretizada, caso algum detalhe chame a atenção durante a análise.
  • A loja está aberta 24 horas por dia, 7 dias por semana, ou seja, as vendas podem ser realizadas a qualquer momento, o que exige atenção redobrada no gerenciamento do negócio.
  • O custo de montar uma loja virtual pode parecer menor do que de uma loja física, mas nem sempre isso é verdade, infelizmente. Existem custos com a plataforma, com marketing digital e com toda a parte de entrega e embalagem dos produtos. Além de outros custos menores como registrar o domínio, pagar o servidor e o telefone. Conforme a loja cresce e aparece no mercado, as despesas também aumentam, pois o envio e troca dos produtos tem um volume maior e o valor gasto com isso também fica maior. Mas existe luz no fim do túnel: a  plataforma xtech commerce tem como missão democratizar o acesso ao e-commerce, e para isso, trabalhamos com um plano grátis, sem nenhum custo fixo, cobrando apenas uma comissão sobre os produtos vendidos.
  • É necessária maior atenção com o cliente, tanto na venda como no pós-venda, pois o lojista não está presente para falar bem de seu produto e convencer o cliente a comprar.

2.2. As vantagens para o lojista e para o cliente

  • A loja está aberta 24 horas por dia, 7 dias por semana, ou seja, as vendas podem ser realizadas a qualquer momento. Opa, já citamos isso como uma dificuldade… Sim, mas também é uma vantagem poder vender sem restrição de horário.
  • Pode-se comprar sem sair de casa, sem enfrentar trânsito ou vendedores chatos e insistentes.
  • É acessível de qualquer lugar, não importa onde o cliente está ele pode comprar e pedir para entregar no endereço que bem quiser.
  • As informações sobre os produtos tendem a ser mais detalhadas, pois com uma descrição mais apurada fica mais fácil para o consumidor decidir pela compra.
  • A comparação de preços entre as lojas é mais fácil, afinal, é só pesquisar nos sites de buscas (como o Google Shopping) o item que deseja e é possível visualizar na hora o comparativo entre as lojas ou, também, entre itens similares.
  • Há uma enorme variedade de produtos disponíveis, tudo o que você precisar pode encontrar nos e-commerces e receber no conforto de sua casa.

E então, consegue fazer a conta e comparar o custo benefício de se montar uma loja física ou  loja virtual? Ainda ficaram dúvidas? Então compartilhe nos comentários!

Se você quiser saber mais sobre lojas virtuais, veja nossos outros artigos: Como gerenciar uma loja virtual e Ideias para lojas virtuais, e MEI ou Simples Nacional, eles podem ajudar a ver como funciona o mundo de um e-commerce.

Veja Também:

Entenda Porque ter um Chat no Seu Ecommerce

Uma pesquisa recente realizada pela eDigital’s Customer Service Benchmark constatou o que muita gente já …